• 11 3841-9377
  • contato@saogermanooncologia.com.br
CONHEÇA OS ESTUDOS DO CENTRO DE PESQUISA DA CLÍNICA SÃO GERMANO

CONHEÇA OS ESTUDOS DO CENTRO DE PESQUISA DA CLÍNICA SÃO GERMANO

12 jan 2018

Desde 2016, a Clínica São Germano conta com um Centro de Pesquisas, o que possibilita aos pacientes terem acesso a medicações novas muitas vezes ainda não aprovadas no Brasil. Mais de 70 pacientes já foram incluídos em nossos estudos. Atualmente, o Centro de Pesquisa São Germano conta com estudos clínicos nas áreas de mieloma múltiplo e amiloidose.

 

Medicações aprovadas

Participamos de um importante estudo responsável pela aprovação do Daratumumabe, primeiro anticorpo monoclonal aprovado para tratamento do mieloma múltiplo. Essa medicação foi aprovada pela Anvisa em janeiro de 2017 e está indicada para pacientes com doença recidivada e refratária ao tratamento padrão. Os resultados desse estudo foram publicados no The New England Journal of Medicine em agosto de 2016¹, tendo com uma das co-autoras a Dra. Vania Hungria, que é a investigadora principal do nosso Centro de Pesquisa.

Incluímos também pacientes em um dos estudos responsáveis pela aprovação no nosso país do Carfilzomibe, medicamento da classe dos inibidores de proteassoma. Essa droga também está aprovada pela Anvisa para pacientes com mieloma múltiplo recidivado e refratário, e teve seus resultados publicados no The Lancet Oncology em janeiro de 2016². A Dra. Hungria também foi co-autora desta publicação.

 

Em andamento

Recentemente, encerramos o recrutamento para outros dois estudos envolvendo drogas para mieloma múltiplo recidivado e refratário: em um deles, o medicamento estudado é um inibidor da proteína da proteína BCL-2; no outro, o agente é um anticorpo monoclonal humanizado anti-CD38. Os pacientes desses estudos encontram-se em tratamento e monitorização clínica3,4.

 

Em recrutamento

Neste momento, estamos incluindo pacientes com mieloma múltiplo em um estudo com um medicamento experimental da classe dos inibidores de proteassoma. Trata-se da primeira droga oral utilizada como terapia de manutenção em pacientes com mieloma múltiplo recém-diagnosticado e que não são elegíveis ao transplante de células tronco5.

Também estamos participando de um estudo observacional e prospectivo que avalia, entre outros parâmetros, a qualidade de vida e os padrões de tratamento dos pacientes com mieloma múltiplo6. Nosso banco de dados já conta com mais de 60 pacientes.

 

Futuro promissor

Já estão previstos para 2018 cinco novos projetos em Onco-hematologia. Um dos estudos visa validar o uso do Daratumumabe em sua apresentação subcutânea7 no mieloma múltiplo. Outros dois projetos pretendem avaliar esse mesmo medicamento no mieloma múltiplo indolente de alto risco8 e na amiloidose AL sistêmica recém-diagnosticada9. Outro estudo em amiloidose deverá iniciar seu recrutamento no nosso Centro nas próximas semanas. Nele, será avaliado o uso de um inibidor de proteassoma oral em pacientes recidivados10. O quinto estudo, previsto para iniciar recrutamento em fevereiro de 2018, visa avaliar três regimes diferentes de um inibidor da deacetilase das histonas (HDAC) oral em combinação com bortezomibe e dexametasona para mieloma múltiplo recidivado e refratário11.

Para 2018, podemos esperar que novos estudos com drogas inovadoras iniciem seu processo de aprovação regulatória em nosso Centro, contribuindo desta forma para a aprovação de novos medicamentos e beneficiando a cada dia um maior número de pacientes.

 

Por Enf. Mayara Simas Soares (Coren-SP 433583)

Enfermeira e coordenadora de Pesquisa Clínica do Centro de Pesquisa São Germano.

 

Fontes:

1. Palumbo A et al. Daratumumab, Bortezomib, and Dexamethasone for Multiple Myeloma. N Engl J Med 2016;375(8):754-66.

2. Palumbo A et al. Carfilzomib and dexamethasone versus bortezomib and dexamethasone for patients with relapsed or refractory multiple myeloma (ENDEAVOR): a randomised, phase 3, open-label, multicentre study. The Lancet Oncology 2016; 17(1): 27-38.

3. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02755597

4. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT01084252

5. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02312258

6. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02761187

7. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT03277105

8. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT03301220

9. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT03201965

10. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT01659658

11. https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02654990

Crédito de foto: <a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/background”>Background image created by Topntp26 – Freepik.com</a>
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios
Convênios